Arquivo da tag: praças

Elis Regina

e nosso dinheiro vai pro beleléu com mais coisas inúteis. Prestaram atenção na risadinha do sujeito quando se fala em aumentar o túnel. 40% a mais de dinheiros para empreiteiras. Certa a professora Zuquim!!!

Anúncios

Que cidade, quarteirão queremos?

Que bela imagem não? Pensar que a cidade pode produzir algo além de consumir de forma desenfreada. Certo, num planejamento de quarteirão como esse, não mais de 28% da comida consumida no próprio pode ser produzida. Mas já é bastante. Mesmo que sejam só uns pés de tempero, o sentimento de alegria de consumir algo que você cultivou e viu crescer, é imenso. O chá faz mais bem ainda que aquele que já faz bem.

Elis Regina

Sábado 20/3 a partir das 16h na praça Elis Regina, Butantã.

Ali a prefeitura pretende detonar uma linda praça e fazer uma mais bela avenida, por onde passarão carros bacanas, ou talvez permanecerão ali por horas. É impressionante o que continua acontecendo com São Paulo, as pessoas querem viver com mais barulho, mais fumaça? Este documento da agência Habitat da ONU, fala da forma insuficiente que estamos a enfrentar a questão melhora habitacional na cidade,  nos leva a pensar em plano diretor que está na gaveta do Sr. Prefeito.  O diagnóstico ai embaixo foi dado a tempos…, como reagir ao poder da grana, dos urubus?

De gota em gota

Um tempo atrás alguns paulistanos resolveram iniciar um projeto interessante, o gotas, a primeira revista saiu, e agora a gota2 esta caindo sobre a pedra quente, eis aqui o blog.

Sábado a caminho do projeto me perdi nas ladeiras da vila madalena e me deparei com este belo prédio,

que conta com paraciclos.

No beco onde está sendo desenvolvido um projeto de melhorias, as bicicletas estavam presentes também.

O beco é por onde seguia um dos afluentes do Tiburtino, hoje preso pelas grades do progresso.

O professor Vladimir Bartalini, da FAU observa o coitado que mesmo tendo sido enjaulado costuma se libertar em dias de chuva, e fazer as pessoas lembrarem que ele ainda está beeem vivo. A conversa foi longe nesse dia ainda, carregada de muita vontade de transformar a cidade num lugar mais bacana.

O grupo que trabalha com a memória do bairro encontrou diversas histórias interessantes sobre aquela partezinha da lapa. Inclusive essa ai embaixo;

De certa forma esse lugar se transformou nisso por vivermos um momento social em que as expectativas das pessoas são bastante altas, as pessoas querem muito mais do que precisam para viver. Influenciadas em parte pelo que vêem nas tvs ou simplesmente fantasiam que aqueles bens lhe trarão alento pra seus sofrimentos. No beco ali há um recado interessante para quem passa;

Em outro canto da cidade um grupo batalhava para poder pedalar em paz pelas ruas da cidade. Chamava atenção por ter em meio ao grupo pessoas nuas que desta forma mostravam como se sentem desprotegidas ao pedalar pelas ruas. Mas a policia compareceu em massa para dar proteção a estas pessoas, algumas corriam tanto perigo que receberam até uma carona até a delegacia. É isso ai, a pedra ainda está quente pacas, queimando, mas de gota em gota, todos juntos lutando, teremos uma cidade melhor!

Fotos por thiagogssantos5