Que cidade, quarteirão queremos?

Que bela imagem não? Pensar que a cidade pode produzir algo além de consumir de forma desenfreada. Certo, num planejamento de quarteirão como esse, não mais de 28% da comida consumida no próprio pode ser produzida. Mas já é bastante. Mesmo que sejam só uns pés de tempero, o sentimento de alegria de consumir algo que você cultivou e viu crescer, é imenso. O chá faz mais bem ainda que aquele que já faz bem.

Anúncios

2 Respostas para “Que cidade, quarteirão queremos?

  1. Eita Matias… Sempre alimentando nossos sonhos, não? Ontem mesmo tive o imenso prazer de fazer umas pizzasinhas com tomatinhos, orégano e manjericão lá de casa, ô coisa boa! Minha filha aprendeu na escola a fazer pizza, então agora só tem isso de janta! hahahahah! Vamo que vamo!

    Grande abraço!
    ;)

  2. Eduardo Rasche da Motta

    Em Cuba, onde o petróleo é escasso, 60% da comida é produzida nas cidades. Estão passando forçadamente por obra do corte de subsídios e embargo gringo o que o resto do mundo ocidental deverá passar com o ocaso da era do óleo. Cuba é um laboratório atual de que outra forma de viver é possível. E ocorreu que a média nacional do peso das pessoas baixou em uns 9 quilos desde o chamado período especial. Acho que é um jeito mais realista de viver, longe do escandaloso desperdício dominante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s