Ciclovia da Marginal, legal!

Uma nova ciclovia existe em São Paulo, todos viram, certamente um motivo de alegria para todos os que têm apreço pelo ciclismo. Seja para aqueles que fazem uso da bicicleta para o esporte e lazer, seja para aqueles que a utilizam como meio de transporte.

Por incrível que pareça ela é linda. O cheiro do rio pouco incomoda, pode ser que se torne mais forte em dias de sol intenso e tempo seco. Mas nada que o sentimento alegre de reconquistar as margens de um dos maiores rios da cidade não supere. Olhando de forma mais atenta percebemos no entanto que há muito a ser melhorado, as margens  estão sujas, os acessos à ciclovia são escassos, dois apenas… datas para outros acessos não foram divulgadas.

Se você não tiver a sorte de morar em Jurubatuba e trabalhar na vila olimpia, ou o contrário, não poderá utilizá-la no seu dia a dia. E terá de enfrentar as ruas violentas da cidade assim, como estão. A guerra continua entre aqueles que por São Paulo transitam.  Muitas regras são deixadas de lado dando privilégios àqueles que possuem carros, satisfazendo suas necessidades momentâneas. Se em cada acesso a ruas tivéssemos uma lista de regras como essa, as ruas se tornariam mais seguras, pois seria um exercício de paciência lê las antes de partir. E paciência é coisa que o trânsito de São paulo certamente precisa.

Ali, percebendo a ciclovia, tive um sentimento estranho, um confuso de alegria e tristeza. Pensei que além dos 10 milhões de reais que foram investidos para torná-la operacional, muito dinheiro foi gasto com o evento realizado para inaugurá-la.

Talvez tanto que desse para sinalizar mais 14km de ciclofaixas simples nas bordas de algumas ruas.

Seja como for, por mais bacana que seja a ciclovia,  por mais que as ações tomadas por nossos governantes possam ser cheias de boas intenções, as políticas para a bicicleta continuam na contramão daquilo que os ciclistas precisam em seu dia a dia.

Precisamos de infra para as bicicletas sim, precisamos que as leis referentes a bicicleta, principalmente a distância lateral de 1,5 metros para que os outros veículos nos ultrapassem sejam cumpridas. Uma seta dos carros às vezes ajuda também, mas precisamos mesmo é de respeito. E isso falta de todos com todos.

Uma criança pequena para ser educada precisa de regras, limites. Estabelecer limites é um ato de amor dizem muitos psis. Os limites para quem transita são as multas de trânsito, que fazem com que os cidadãos não se acostumem a acelerar no amarelo, que não ultrapassem o vermelho ou ignorem a faixa de pedestres. Quem fez a carteira de motorista entendeu as regras e depois, pela falta de multas, aprendeu que as regras podem ser diferentes. Mas não devem, pois isso lá na frente custa muitas lágrimas.

A nova ciclovia é louvável, mas as ações são MUITO TÍMIDAS. Quantas ruas foram recapeadas nos últimos temos? E nem uma ciclofaixa… O governo infringe sua própria lei ao não incluir a bicicleta no viário ao reformar uma rua. Desculpe, não consigo me sentir satisfeito com estes lindos 14 km’s da nova ciclovia.

Anúncios

10 Respostas para “Ciclovia da Marginal, legal!

  1. Fala Matias.

    Como eu te disse na sexta, você observa bem as coisas, nos seus detalhes. Concordo com o que você disse, e só de saber que o Serra esteve por lá, ficou mais do que claro que a ciclovia foi entregue como foi, apenas para ser usada em sua campanha.

    Grande abraço,

  2. Eu também não consigo ficar satisfeito, no começo do texto veio até um pensamento “Será que eu estou querendo muito?”
    Mas não, não é muito, mais respeito nas ruas e de ações eficientes para melhorar a vida de quem se locomove por São Paulo de bicicleta.

  3. pois é, o fato de ser o secretário de esportes e não o de transportes o maior marqueteiro, ops, entusiasta, dessa obra diz algo sobre a prioridade de mobilidade urbana na cidade, ñ? e muitas outras coisas poderiam ser feitas com gastos menores. placas educativas/informativas enfatizando a distância de 1,5 m na ultrapassagem aos ciclistas e redução da velocidade em algumas vias, por exemplo…

  4. Para quem já pedala, pode ser pouco, mas esses 14km serão outro excelente celeiro de novos ciclistas, pense nisso! ;)

  5. Caro João. Pense bem: celeiro ou curral? E eu que tenho que usar a marginal pra pedalar estarei no Matadouro! Sempre estive, mas agora o motorista vai achar que tem um bom motivo pra passar a menos de 1,5m…

  6. eu fui pedalar com cab ciclovia e os seguranças barrou colega nosso com bike cadeira roda disse que ele teria que pedir autorisaçao e um absurdo alem de nos estarmos enjaulado a ciclovia foi feita para nos ciclistas elas colocaram um monte de regras absurdas o acesso e dificil escada estreita

  7. Agora ficou mais fácil os lixos jogados por carros e ônibus chegarem mais rápido ao rio…
    Sei que em uma cidade do tamanho da nossa é difícil o controle das problemáticas urbanas,e
    são minoria as pessoas que não jogam lixos nas vias (latinhas de refri,bitucas de cigarros,etc…),
    espero que os ciclistas e usuários tenham esta consciência!! Concordo que o governo queira nos mostrar serviço,afinal isso é o que permitirá a sua permanência no governo/presidência,mas cabe a nós munícipes e usuários cuidar do nosso habitat, pense nisso são 11 milhões de habitantes contra o governo.O governo fez sua parte atendendo os ciclistas,cabe a cada um de nós fazermos a nossa parte, não jogar lixo e nem esgoto nos nossos rios. Estou contente e muito emocionada, pois além de nós seres “humanos” ,próximo a ciclovia há uma fauna sobrevivente(capivaras, e outros animais) ao progresso que prosperou na maior cidade do país ,e agora ao meu ver tenho uma pequena esperança para uma qualidade de vida um pouco melhor para cada um de nós paulistanos.Pense a respeito, ainda falta a nossa contribuição!!

    • Olá Samara,
      concordo que é preciso participação da população, vc. está certa. Pensei no que disse, e creio que os 11 milhões de habitantes não estão contra o governo, eles são representados por este, são pessoas escolhidas dentre todos estes. E por isso trazem as ambições que nesta população encontram-se representadas.
      A ciclovia é um passo, um bom passo, e temos de participar para que novos passos possam ser dados nesta direção, quem sabe até mais audaciosos.
      Há muitas vias para carros, eles dominam as ruas em detrimento das pessoas. Estas têm medo e atravessar as ruas, o fazem correndo. Uma cidade mais humana precisa criar espaços em que as pessoas possam permanecer, curtir. pensando nisso me veio uma idéia maluca de botar uns bancos na ciclovia, curtir o por do sol dali, que acha?

  8. Achei incrível a sua idéia, e acho também que as marginais da nossa cidade merecem quiosques,eventos culturais, exposição de obras de artes(recicláveis),nós paulistanos merecemos uma cidade melhor!Desculpe são tantas idéias e realmente já estou sonhando com uma Orla ou Praia Paulistana!!…Pensar que o rio era de água doce…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s